sexta-feira, 8 de julho de 2011

Santo, Santo, Santo Deus Todo Poderoso

Digno é o Cordeiro
Que foi morto
Santo, Santo Ele é
Um novo cântico
Ao que se assenta
Sobre o Trono do Céu


Santo, Santo, Santo
Deus Todo Poderoso
Que era, e é, e há de vir
Com a criação eu canto
Louvores ao Rei dos reis
És tudo para mim
E eu Te adorarei


Está vestido do arco-íris
Sons de trovão, luzes, relâmpagos
Louvores, honra e glória
Força e poder pra sempre
Ao único Rei eternamente


Santo, Santo, Santo
Deus Todo Poderoso
Que era, e é e há de vir
Com a criação eu canto
Louvores ao Rei dos reis
És tudo para mim
E eu Te adorarei


Maravilhado, extasiado
Eu fico ao ouvir Teu nome


Maravilhado, extasiado
Eu fico ao ouvir Teu nome
Jesus, Teu nome é Força
É fôlego de Vida
Misteriosa Água Viva


Santo, Santo, Santo
Deus Todo Poderoso
Que era, e é e há de vir
Com a criação eu canto
Louvores ao Rei dos reis
És tudo para mim
E eu Te adorarei



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...
Porque Dele por Ele, Para Ele:
São Todas as Coisas!